Um erro comum de quem inicia nos curiós é a mudança constante do curió de lugar, ou seja do "prego". Também ja cometi esse erro.
O curió é territorialista, e para ser disposto e valente, primeiro tem que ser valente no seu microterritório, ao redor do seu preguinho.

Esse preguinho, pode ser a estaca onde ele fica, a caixa ou até mesmo um prego na parede.

Deixe o pardo ter o seu território, cantando bem e valente e só começe a puxa-lo ,ou seja, leva-lo para outro local ou estaca, quando estiver firme de notas, sem gritos ou cortando o canto.

Quando sentir que ele está seguro cantando fora do seu "prego", mude o local de puxa-lo, ou seja mude a estaca de lugar ou o prego onde habitualmente o colocava, fora do seu microterritório.

Para quem pensa em torneios é interessante que o pássaro durma a noite encapado para se acostumar com capa, e quando for puxa-lo coloque a capa, espere alguns minutos e ai sim coloque-o na estaca, ou em outro prego. Se não cantou em 5 minutos, capa e prego novamente.

O curió é territorialista, e seu instinto é cantar, para atrair a fêmea e demarcar seu ambiente. Curió que fica frouxo, mole ou pouco apresentador, com certeza o culpado é o dono, a inteira falta de "munheca".Isto tem que ser condicionado desde filhote, como uma criança, para que não tenha traumas.Claro, levantar um curió ja adulto é possível, mas muito mais difícil sem meios artificiais como fêmeas ou "chias".

Não brinque com o pardo, não converse ou estale dedos, ou etc. O pássaro fica lerdo e manhoso( também ja cometi esse erro) .Quando estiver valente, eventualmente pode-se fazer isto, mas principalmente se ele veio até você.Curió bom canta fácil em qualquer lugar e em qualquer hora.Se ele encasalar com você, se for leva-lo a um torneio é a mesma coisa de levar uma fêmea no carro.

Coloque o cd em volume bem baixo, e preferivelmente som entre os intervalos.O pássaro acostuma-se com a voz humana, além de ser estimulado pelo barulho.O volume alto inibe inicialmente o pássaro, além de distorcer o som.

Quando estiver firme de notas, cantando bem, aumente o volume do som para estimular a demanda.

Cada um defende seu peixe, mas na minha opinião cd não faz passarinho repetir. Repetição é genético.Um bom cd para encartamento seria um feito da seguinte forma: Entrada alteada em 10% de volume, com tres samaritás, todas cantadas com 4 batidase fechamento com 5 batidas de praia, intervalos longos de 30 sg a 1 minuto em cada cantada, sendo desta forma: 3-3-3 e 6 repetições.Este intervalo de certa forma previne do curió repetidor vir a dar "retorno", e a menor repetição estimula talvez o "fechamento de canto".Atualmente nos torneios de canto, o curió fechador sai na frente.

O balanço e o andamento são do curió, acredito que o cd tem pouca influência.

Uma dica que esquenta muito o pássaro antes de ser puxado é o milho.Condicione-o com milho verde 30 minutos antes de puxa-lo, e quando for faze-lo tire o milho da gaiola.O milho hidrata rápido, e esquenta o curió, além de melhorar as fezes. Se estiver muito quente, o pepino é uma boa pedida.

O amigo Pêcego é certo ao dizer que não se deve gastar as baterias do curió antes da estaca, não importa se cantou bem no carro, no colo ou no café da manhã, o importante é cantar nos 5 minutos.Não abra o curió antes da prova, no máximo mostre o local para o mesmo, a estaca que irá cantar, deixe dar uma ou duas cantadas, para marcar o ambiente e só.

Quando estiver firme dentro de casa, ou nos domínios da mesma, começe os passeios com carro, inicialmente com a gaiola encapada.Apenas andar de carro já é muito valido, para se acostumar com o barulho, com o som, os mexidos e adquirir resistencia.Curió é "maria gasolina", adora passeios, mas na hora certa.Aguente a ansiedade, e não prejudique seu campeão.

Para quem usa mestre, tente coloca-lo principalmente pela manhã, pouco tempo ao dia. O contrário vale para mestres que não brincam durante o dia, rasgam pouco, e não cantam "mole" durante o dia.

Mestre também erra, rasga, alguns dão até quim tói, por isto use-o com parcimônia. O melhor mestre é o de pouca repetição, em torno de 4 a 6 samaritá.Se o filhote for encartado em cd de grande repetição ou com mestre muito repetidor, tem chance alta de "pegar carona" no cd, e "comer" a entrada de canto.e

Tem gente que entope o pássaro com o cd ligado o dia todo. Pura toliçe.O pai no mato canta de longe, e o filhote escuta poucas vezes ao dia..Seja observador e procure entender o que o pássaro está lhe dizendo.

Acho suficiente o cd ser tocado apenas poucas vezes ao dia, ou para quem usa o timer, uma boa pedida é 20/60 minutos e som durante este intervalo.O cd com muita repetição, tocado o dia inteiro induz o curió a não dar a entrada, e ja começar no quim quim - módulo de repetição.

O disco sem repetição, tocado constantemente, pode induzir ao "retorno de canto". O Mantenedor deve ter feeling para conheçer e corrigir rapidamente este tipo de falha.

Se necessário for, consulte um amigo de confiança,honesto preferivelmente que não esteja disposto a comprar o seu pássaro .Sempre que um "amigo" estiver indo muito a sua casa, falando mal de pássaro de outros e principalmente, colocando defeitos no seu, desconfie: ele está querendo comprar seu curió.

Não o venda sem antes consultar um grupo de discussão na internet ou ainda, como ja disse, um amigo de confiança.Grave-o, divulgue-o na internet e receberá muitas dicas de grandes criadores, que entendem e terão boa vontade em ajuda-lo.

Não mude o cd que o pássaro ouviu no ninho, resista aos palpiteiros, eles são muitos .Repetição é genética, não acredito que um cd faça um pássaro repetir, mas como ja disse a venda de cds da lucro para as lojas que vendem.

Se ouviu o prata 30 anos, mantenha-o. Uma boa dica é a gravação, por exemplo de dois curiós diferentes com selo igual, como o ana dias e o olho d´agua, um canta e outro responde.Deve-se altear a entrada do olho d´agua, pois a mesma é mais baixa, e tive amigos que o usaram apenas ele, e o filhote veio "comendo" o ti tui.

Na minha experiência,o cd prata fast encarta mais rápido, mas também perde-se mais fácil, pois tem notas mais curtas, e por ser mais rápido, o pássaro pode pular mais facilmente uma ou outra nota.Quanto maior a velocidade, maior a freqüência da nota emitida, e por isto, mais fácil o encartamento.

Por isto alguns curiós tendem a pular o segundo té da ligação ou o segundo quim após o samaritá.Em alguns Cds de canto, com o uso de programas de gravação, pode-se perceber esta alteração de freqüência.Como diz o amigo Gilson Barbosa, cada curió tem o seu próprio disco.

Se o curió falha alguma nota, o ideal é a gravação de um disco personalizado, usando programa específico(soundfourge ou audacity p.ex) , com a nota alteada em 10 a 20% do volume no máximo, para se evitar distorção.

Alguns acreditam que o curió deve ficar afastado mais que 5 cm da parede para encartar mais fácil...não sei dizer se é verdade...

Se for comprar um filhote e o no criatório as fêmeas que estão com filhotes estiverem perto de muitas fêmeas solteiras(cantam e dão quim tói) ou de galadores cantando e rasgando no criatório... fique de olho... pode perder tempo eou dinheiro.Pode dar até certo, mas prevalecerá a sorte...

Acredito que o curió sái com 70% do encartamento do criatório. Ouviu besteira, vai falar besteira.

ahhhhh mas os galadores ficam longe, o filhote não ouve... as minhas femeas cantam praia, não atrapalha.... Não é verdade!Só quem ja caçou sabe, sem o caçador ouvir o curió ja da o sinal, ele ja ouviu o outro há muito tempo e vc nem percebeu... eles ouvem ha mais de 100 metros.Femeas sem filhotes dão quim toi(canto liso), e o pequeno ouve.

Se quer ter um clássico, imprima as notas de canto e aprenda as notas. Não seja tão tolo ao ponto de não saber porque elogiam ou criticam o seu curió.Como querer ter um clássico se não sabe ao pé da letra o que é o canto classico, o retorno, o quim toi, o corte. Aprenda, busque saber.

Curiós juntos... se estiverem cantando certo, em comodos separados é possível sim.Conheço muitos criadores, com vários troféus, que deixam o pau quebrar. Mas a pratica é perigosa se tem andamentos de cantos distintos ou se algum deles tem detalhes.Se algums está se saindo mal, pulando nota, aí sim, vai para capa/caixa ou para o chão.Geralmente todos confluem para uma mesma voz e andamento, dai a importancia do mestre/dominante.

O filhote tem que ser condicionado, saiu do seu preguinho é para cantar.Tire-o de onde fica, e coloque inicialmente ao lado de algum estímulo.Eu uso a torneira. No início ficam mudos, depois pialam, dai churrilham.Ficou um tempinho... trate dele, como agradecimento, igual cachorro e volte-o para seu lugar.Toda vez coloque-o neste mesmo lugar, ou seja, um preguinho do lado da pia por exemplo.Daí quando ele ja estiver cantando bem neste lugar, firme de notas começe a tirar toda a capa, e ele vai dominar por completo este local.

Quando menos esperar, ele estará dominando a casa.Curió tem que ter agradecimento, igual cachorro.De trato,limpe a gaiola só depois dele cantar.
Se ele ja estiver no ponto de passear, leve-o de gaiola suja, sem comida nova. No estímulo de retirar a capa para cantar, ele vai direto para o comedouro ver as novidades e petiscos.

Para ele ter confiança passeie com ele nos finais da tarde, onde o céu é mais calmo e sem muitos passaros cantando.Ande com ele na praça, com gaiola na mão, ele vai ter confiança e estará seguro ao seu lado, de quem realmente gosta dele e o protege.

Boa sorte!!

Longe de ser o dono da verdade, dissertando apenas de opinião própria, respeitando as opiniões contrárias, e tentando contribuir, estes são alguns truques que uso, após muito sofrer e muito ouvir.

Cleuber Barbosa de Oliveira - Passos-MG


Fonte: www.criatoriobarretos.com.br

www.criatoriobarretos.com.br - 2021 - Desenvolvimento: Fênix Sites